15 de fev de 2012

Komba

Hoje mais um guerreiro tomba; mais um tanto de matéria aduba a Terra, mais uma alma ruma o Sol. "Bom te ver", ele dizia com meia boca sorrindo, meia apertando o Hollywood. Sua altura era proporcional à simpatia, e estranhamente complementar à pequena estatura de sua esposa, que, somando à controvérsia, sempre seguiu forte, austera, disposta.
E por mais que esta seja a continuidade da história dele, e deles, meu egoísmo é suficientemente poderoso para apontar o dedo na cara do céu e lembrar da minha própria amargura. 
Agora, com olhos arregalados a espreitar, a ansiedade segura safada um riso histriônico; com os mesmos dedos que contou os anos que perduraram sem que nenhuma presença fosse arrancada, numera agora as mortes que levaram uma parte de sua natureza.
Inchando-se de lembranças engorduradas, sente o estranhamento de novas formas sendo criadas em seu próprio contorno: uma ansiedade em evolução que aspira, um dia, festejar recomeços sem lamentar os finais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Éam?!?