15 de dez de 2016

Para Aeídein

Quando li o seu olhar
me lembrei bem sei do que
Me senti tão sol, bissetriz, bemol 

em fecundo adolescer

Pois o teu entardecer
invadiu meu violão
Despertou razão para o meu lugar
lugar que 'cê me tomou 


Onde há acerto pertencer 
Qual efúgio no refrão 

Diz-me: onde vou? 
Se não encontro o amor
longe do teu carrilhão 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Éam?!?